Bichectomia ou cirurgia plástica para redução das bochechas

Compartilhe este post

A bichectomia ou cirurgia de redução das bochechas pode afinar o rosto e garantir um aspecto com as maçãs do rosto mais definidas. Procedimento este que tem ganhado fama, e vem sido feito cada vez mais no Brasil e no mundo. Vamos saber mais sobre esta cirurgia é conhecida como a plástica da simetria facial.

Como funciona a Bichectomia?

Tecnicamente, o procedimento é feito através de um corte por dentro da boca, na gengiva. E através desta pequena incisão que é retirada a bola de gordura das bochechas.

É de acordo com o nome da bola de gordura que localiza-se nas bochechas, que vem o nome Bichectomia. Foi o nome Bola de Bichat, que o anatomista francês deu a esta estrutura do corpo humano.

Como o procedimento é feito todo por dentro da boca através de um pequeno corte, ele é considerado minimamente invasivo e não deixa cicatrizes visíveis.

Quanto é possível afinar o rosto?

O resultado do procedimento é bastante satisfatório, pois além de afinar o rosto, ele faz com que a linha da mandíbula fique mais realçada e causa uma aparência mais delineada e jovem.

A cirurgia de Bichectomia pode ressaltar as maçãs do rosto e afiná-lo em até 70% (na espessura) e garante uma aparência mais magra para a face.

Qualquer um pode fazer a Bichectomia?

Como é uma cirurgia de caráter 100% estético, então qualquer pessoa que esteja descontente e queira afinar o rosto pode sim ser um possível candidato a recorrer a Bichectomia.

Alguns candidatos apresentam as mesmas queixas, tais como:

  • falta de harmonia do rosto
  • desconforto ao se olharem no espelho ou fotografias
  • insegurança quanto a própria aparência
  • não se sentirem confortáveis quanto ao formato do rosto e bochechas

 

Se você está pensando em considerar uma cirurgia de Bichectomia, é sempre aconselhável procurar um profissional qualificado para uma avaliação.

Hoje, sabe-se que não há melhor profissional e com melhores conhecimentos quanto a face do que o próprio dentista.

O cirurgião-dentista está familiarizado com a região bucal desde a criação desse procedimento e é habilitado para fazê-lo

Sim, o cirurgião-dentista não pode somente fazer esta cirurgia como também é autorizado para isso.

 

Um abraço,