Principais indicações para utilização da toxina botulínica

A primeira coisa que é importante saber sobre o botox, é que é um procedimento pouco invasivo e que é usado na odontologia há muito tempo!

Antes até de ser usado para fins estéticos era usado para finalidades terapêuticas para bloquear o movimento da musculatura que causa bruxismo ou outros distúrbios musculares que interferem no funcionamento da mastigação.

Portanto, o cirurgião dentista é perfeitamente qualificado para aplicar o botox para a estética facial. 

Mas o que é exatamente o botox?

Botox é o nome comercial da toxina botulínica, é uma toxina produzida por uma bactéria chamada Clostridium botulinum. É a mesma bactéria causadora da doença botulismo, mas a toxina botulínica industrializada é purificada e usada em doses que não causam a doença.

A toxina é aplicada no músculo e provoca o relaxamento de uma região muscular, reduzindo o movimento do músculo naquela área. 

Para quem é indicado?

O botox para uso estético é indicado para suavizar as rugas e linhas de expressão do rosto. 

Entre as linhas tratadas estão as rugas da testa, a glabela (espaço entre as sobrancelhas) e, os pés de galinha, rugas que se formam na região dos olhos. 

Para sulcos ao redor dos lábios, entre eles o famoso bigode chinês – linha que se forma entre o nariz e o canto da boca – o mais recomendado é o preenchimento facial , que vou falar em outro vídeo. 

Em comparação com cremes para rugas e linhas de expressão, o botox traz resultados mais visíveis e imediato, apesar de ser reversível e seu efeito de relaxamento do músculo durar alguns meses. 

As rugas aparecem devido ao envelhecimento facial, que ocorre por idade, exposição solar inadequada, má alimentação e tabagismo, entre outros.

 Mas o fator imprescindível para seu aparecimento é a contração natural dos músculos do rosto, que formam as chamadas linhas de expressão, entre outros. Por exemplo: muitas pessoas têm o hábito de franzir a testa ao se expressar, mas com o passar do tempo essa contração dos músculos da região gera vincos horizontais na pele. 

O mesmo acontece com as rugas ao redor dos olhos – resultado da tensão gerada quando sorrimos ou forçamos a vista, por exemplo. 

Quando é injetada nessas rugas, a toxina botulínica age como um bloqueador neuromuscular, ou seja, bloqueando a transmissão de estímulos dos neurônios para os músculos, impedindo, parcial ou totalmente, a contração muscular.

No caso das linhas de expressão, o benefício se dá de duas maneiras: 

1 – De forma preventiva: como a contração muscular é paralisada não haverá a formação de rugas pela movimentação muscular na área em que foi aplicado o botox

2 – De forma reparativa: como o botox tira a tensão da musculatura, as rugas, causadas por esses músculos, são amenizadas.

Dessa forma, não há idade certa para uma pessoa começar a aplicar botox, porque cada pessoa tem um tipo de pele, expressões faciais distintas e musculatura própria. 

Mas, quanto mais cedo o paciente perceber que já há indícios de formação de linhas de expressão em alguns pontos da face, o início precoce do tratamento pode impedir que a pele fique marcada pelas rugas, e ainda “desacostumar“o músculo a promover aquele tipo de contração. 

Ele possui riscos?

O procedimento é reversível o efeito dura alguns meses pode ser feito pelo cirurgião dentista e por médicos, ele ameniza as rugas e deixa o rosto mais estético e a pessoa se sentindo mais bela, portanto com auto estima mais elevada.

Pode ser feito até de 4 em 4 meses em casos de rugas mais resistentes e serve para prevenir que as rugas causadas por expressões faciais fiquem mais visíveis e severas. 

Busque orientação com um profissional experiente, procure as informações corretas e faça uma avaliação!  Clique aqui para agendar uma consulta.

Até breve!

 Dr Vítor Erlacher