You are currently viewing Causas e tratamentos para a papada

Atualmente, este assunto tem sido um grande desafio para nós, profissionais de harmonização facial, mas também causa constante de incômodo para muitas pessoas: a papada. Por isso, no artigo de hoje vamos abordar as principais causas e tratamentos para a papada

Em primeiro lugar, é imprescindível que haja uma análise rigorosa do caso em si e suas características específicas para que, posteriormente, o profissional saiba quais tratamentos são os mais adequados para o paciente.

Confira as causas mais comuns para a papada:

  • Acúmulo de gordura

Mesmo que um paciente tenha o Índice de Massa Corpórea (IMC) dentro do padrão, é possível ter acúmulo de gordura em partes específicas do corpo, como abaixo do queixo, do braço e no culote. É esse acúmulo de gordura que ocasiona a papada.

  • Falta de estrutura óssea:

Além disso, existem outras situações que podem ocorrer, como a falta de estrutura óssea, por exemplo, na mandíbula e no queixo. Nesses casos, o paciente não tem sustentação para “esticar” a pele naquela determinada região. Muitos são os casos em que existe a deficiência de queixo, conhecida como Classe Dois dentro da Odontologia. Isso quer dizer que essa pessoa possivelmente terá papada e, nesse caso, não será por excesso ou acúmulo de gordura.

Leia também:

Agora que você já sabe as causas mais comuns para a papada, é importante lembrar que…

Cada pessoa possui um rosto, um corpo, suas características e individualidades, portanto, cada caso é um caso!

Tratamentos para a papada:

Nos casos em que existe a falta de estrutura óssea, o ideal é proceder com o procedimento de preenchimento na região, que pode ser feito com ácido hialurônico. Dessa forma, apenas esse tratamento por si só já trará uma nova harmonização ao rosto do paciente.

Quando uma pessoa possui o IMC dentro do padrão indicado e dispõe da estrutura óssea normal, mas mesmo assim possui papada, é possível realizar a lipoaspiração enzimática ou aspirativa.

Na lipo enzimática, como o próprio nome indica, o profissional aplica uma enzima com o objetivo de degradar as células de gordura. Em duas ou três sessões é possível alcançar o resultado almejado.

Já a lipo aspirativa é um procedimento simples, realizado em consultório, com anestesia local, e dura cerca de 40 a 50 minutos. Além disso, proporciona uma recuperação bastante rápida e o resultado é imediato.

Nos casos em que o paciente possui sobrepeso, não indico apenas a realização de um dos procedimentos. Antes de mais nada, é necessário também que haja a redução de peso corporal, a fim de contribuir com o resultado da opção de tratamento escolhida.

De acordo com o desejo do paciente e de sua avaliação, existe a alternativa de realizar tanto o preenchimento quanto uma das lipoaspirações. Mas, é claro que, para realizar qualquer um deles, o profissional deve estar atento ao contexto de cada caso.

Espero ter te ajudado com esse conteúdo e ter esclarecido os motivos e tratamentos para a papada.

Assista também:

Quer saber como posso te ajudar? Agende sua consulta clicando aqui.

Até a próxima!