Botox pode ajudar no bruxismo?

Botox e bruxismo possuem ligação? Se você procura por essa resposta, já adianto aqui no início: sim! O Botox pode ser um aliado no tratamento do bruxismo.

O bruxismo, segundo estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS), ele atinge cerca de 30% da população mundial.

Aliás, no Brasil estima-se que cerca de 40% sofrem desse distúrbio. Ou seja, se você acorda com dores na região da mandíbula, ou mesmo cansaço ao mastigar no final do dia, você pode sofrer de bruxismo.

No artigo abaixo, falo da relação Botox e bruxismo, e como ele pode ser um aliado no tratamento. Vamos conferir?

O que é o bruxismo?

Bruxismo é uma condição na qual você range os dentes. Se você tem bruxismo, você pode cerrar os dentes inconscientemente quando está acordado ou durante o sono.

Cerrar e ranger os dentes é uma reação involuntária comum à raiva, ao medo ou ao estresse. 

Em algumas pessoas, essa reação ocorre repetidamente ao longo do dia, mesmo que não estejam respondendo a um estressor imediato. 

O bruxismo pode acontecer durante a vigília ou o sono, mas é muito menos provável que as pessoas saibam que rangem os dentes durante o sono. 

Por causa da força aplicada durante os episódios de bruxismo do sono, a condição pode representar sérios problemas para os dentes e mandíbula e pode exigir tratamento para reduzir seu impacto.

Algum movimento da boca é normal durante o sono. Até 60% das pessoas fazem movimentos ocasionais semelhantes à mastigação.

Eles são conhecidos como atividades musculares mastigatórias rítmicas (AMMR), mas em pessoas com bruxismo do sono, eles ocorrem com maior frequência e força.

A maior parte do bruxismo do sono ocorre no início do ciclo do sono, durante os estágios 1 e 2 do sono não REM. Uma pequena porcentagem de episódios pode surgir durante o sono REM.

Dor na mandíbula e dor no pescoço são dois sinais frequentes de ranger de dentes. Dores de cabeça matinais que parecem dores de cabeça tensionais são outro sintoma potencial. 

Leia também::: Mentoplastia ou preenchimento de queixo?

Como Botox pode ajudar no tratamento

O Botox, que é o nome comercial da toxina botulínica, age nos músculos da mastigação. E são esses mesmos músculos do apertamento e que causam o bruxismo.

Portanto, quando apertamos os dentes, os músculos masseter e o temporal, que são os grandes responsáveis pela mastigação e também que causam o bruxismo, entram em ação.

Nesse sentido, o Botox age nesses músculos, diminuindo sua potência. Ou seja, ela não é um tratamento contra o bruxismo, mas sim auxilia na redução das causas.

O tratamento será feito por um especialista em doenças do sono, que vai identificar as origens e atuar diretamente na causa. Mas o Botox ajuda muito no tratamento.

Além disso, o bruxismo causa os desgastes dos dentes e também destrói nossa articulação têmpora-mandibular (ATM). 

Também afeta a harmonização orofacial

Quem sofre de bruxismo também costuma ter o rosto mais largo. Isso acontece pelo fato de causar o constante uso dos músculos, os deixando mais largos.

É como vamos na academia e fazemos treinos de musculação. Nossos músculos ficarão maiores e mais fortes. No caso dos músculos faciais esse uso contínuo por 365 dias do ano também os deixam maiores.

E quando o rosto é muito largo, deixa de ser estético. Ou seja, é aí que também entra o Botox, que fará seu rosto afinar novamente, num papel importante dentro da harmonização orofacial.

Podemos ainda na harmonização preencher a região do zigomático e do malar, e diminuir a mandíbula. 

Ou seja, vamos transformar um rosto que esteja muito quadrado em mais triangular e deixá-lo mais harmônico.

Leia também::: Quais são as contraindicações do botox?

Procure ajuda

Se você sofre de bruxismo  talvez seja difícil descobrir. Mas como mencionei, ela pode ser caracterizada pelas dores de cabeça ou na mandíbula ao amanhecer. 

Seu parceiro também pode ajudar na identificação, percebendo como você dorme durante à noite e range os dentes.

Mas o importante é buscar tratamento para evitar o desgaste dos dentes e também da sua articulação têmporo-facial. E o Botox também pode ser usado para amenizar os sintomas.

Portanto, espero que tenha gostado do artigo sobre Botox e bruxismo. E caso queira mais informações e dicas sobre estética e harmonização orofacial, siga meu canal no Youtube!