You are currently viewing Quais os cuidados após os peelings faciais?

Se você está buscando uma pele livre de manchas e com um aspecto jovial, os peelings faciais podem ser uma ótima opção de tratamento.

Isso porque, através deles podemos estimular a renovação das células da pele por meio de uma descamação controlada.

Para isso, existem três tipos de Peelings mais utilizados na estética. Será que você conhece todos eles, suas funções e os cuidados necessários após a sua aplicação?

Caso a resposta seja negativa, leia esse artigo até o final e encontre todas essas respostas.

Tipos de Peelings

O termo “peeling” pode ser traduzido como “descamação”. Por isso, o principal objetivo do peeling é a renovação celular da área de aplicação.

Para isso existem 3 tipos de peelings: o químico, de diamante e de cristal.

Peelings Químicos

O peeling químico é feito com a aplicação de ácidos sobre a pele, removendo as suas camadas danificadas e envelhecidas ao mesmo tempo que promove o crescimento de uma nova camada de pele, acelerando a renovação celular.

Sua indicação é ampla, desde a pele do rosto, mãos, pescoço e colo, para remover manchas, marcas de acne, rugas e cicatrizes com resultados visíveis desde a primeira aplicação.


Leia também: Como tratar os sinais do envelhecimento do pescoço?

Peelings de Diamante e de Cristal 

Já o peeling de diamante e o de cristal são peelings físicos, ou seja, utilizam equipamentos próprios para esse fim

Esses equipamentos possuem uma ponteira diamantada e uma ponteira que libera óxidos de alumínio, respectivamente.

Essas ponteiras promovem uma microesfoliação da pele e entre os principais objetivos desse procedimento estão a remoção das células mortas que ficam na camada mais superficial da pele e a estimulação da produção de colágeno.

Ou seja, removem manchas e rejuvenescem a pele ao mesmo tempo, visto que o colágeno é a principal proteína responsável por dar a ela forma, estrutura e sustentação.

Além disso, os peelings físicos podem ser feitos em qualquer parte do corpo, inclusive para melhorar o aspecto das estrias.

Leia também: 5 cuidados básicos para ter a pele saudável.

Cuidados pós-peeling

Após o peeling a pele fica muito sensível, por isso, antes de mais nada é recomendado usar um protetor solar potente para proteger a pele da radiação solar e da luz visível e evitar exposição direta ao sol.

Lave a pele tratada com um sabonete neutro, sem perfume e sem parabenos para evitar a irritação da área.

Além disso, é importante usar cremes hidratantes para manter a pele hidratada e saudável. Sempre com o hidratante ideal ao seu tipo de pele, ou indicado pela profissional.

Também indicamos borrifar água termal na região tratada para evitar a vermelhidão e a ardência do local, se necessário. 

É de extrema importância não puxar ou arrancar a pele que está descamando a fim de evitar cicatrizes.

Tudo por uma pele mais uniforme

Os peelings são os melhores amigos de pacientes que possuem manchas de acne, manchas solares, e, principalmente, as que buscam renovação e rejuvenescimento facial.

É preciso ressaltar que o peeling químico é um procedimento seguro quando realizado por um profissional qualificado e experiente que definirá o melhor tratamento ao seu caso.

E claro, são precisos cuidados após o procedimento. Portanto, seguindo essas medidas, você terá uma ótima recuperação após o peeling!

Se você ficar na dúvida sobre qual tratamento é o mais indicado para você, entre em contato conosco. Com certeza vamos esclarecer as suas dúvidas e deixar sua pele ainda mais jovial. 

Instituto Vitor Erlacher