You are currently viewing Protocolos injetáveis: o que são e para quem são indicados?

Os protocolos injetáveis estão cada vez mais comuns para auxiliar nos tratamentos médicos. Eles podem potencializar resultados, já que a aplicação é feita diretamente na corrente sanguínea.

Dessa forma, sua utilização tem diversos fins, como reposição de nutrientes e vitaminas, melhora da disposição e do bem-estar, auxílio no tratamento de distúrbios metabólicos, melhora da imunidade, entre vários outros.

Porém, para sua aplicação, é necessário profundo conhecimento médico, que indicará doses e para quem é de fato os protocolos injetáveis. Para saber mais sobre este tema, confira o artigo que preparamos abaixo!

O que são protocolos injetáveis?

Os protocolos injetáveis servem para diversas finalidades e auxiliam no processo de:

  • perda de peso
  • perda de gordura corporal
  • ganho de massa magra
  • reposição de vitaminas e minerais
  • combate à sarcopenia (perda de massa muscular)
  • reposição hormonal
  • melhora da qualidade de vida
  • entre outras indicações

A indicação dos protocolos injetáveis ocorre após consulta com profissional da área da saúde e a análise de diversos exames laboratoriais.

Nos exames se verifica distúrbios endócrinos, metabólicos e nutricionais como carência de vitaminas, minerais, aminoácidos. 

Nesse sentido, os protocolos injetáveis são prescritos com objetivo de melhorar a qualidade de vida, performance esportiva e emagrecimento do paciente.

Um dos diferenciais da aplicação injetável é sua absorção mais rápida, comparada à administração por via oral. 

Mas também tem como benefício o consumo menor de cápsulas, que em alguns casos ou em excesso podem gerar desconforto estomacal para o paciente.

Leia também::: Quais os cuidados após os peelings faciais?

Indicações de aplicação

A indicação varia de acordo com suas necessidades, a serem observados pelo médico. 

Por meio das aplicações, é possível repor micronutrientes, além de tratar eventuais distúrbios metabólicos, principalmente no que diz respeito a carências de vitaminas, minerais, aminoácidos e antioxidantes.

Entre os pacientes que se beneficiam deste tipo de tratamento estão os pós-bariátricos, ou àqueles que tiveram que retirar parte do tubo digestivo. 

Também para idosos, já que são grupos que apresentam menor absorção de nutrientes pelo organismo. Mas o mesmo ocorre com pacientes com desequilíbrio da flora intestinal (disbiose), que também podem se beneficiar dos protocolos injetáveis.

Leia também::: Quais os benefícios da injeção de Vitamina D3?

Cuide da sua saúde

Os protocolos injetáveis estão cada vez mais em uso e podem beneficiar diversas pessoas, para os mais variados tratamentos.

Mas é importante frisar que sua indicação deve ser feita por profissional médico devidamente habilitado, que receitará o melhor protocolo de acordo com a necessidade individual do paciente.

Por fim, esperamos que tenham gostado do artigo sobre protocolos injetáveis e, para receber mais conteúdos como este, além de saúde e estética, siga o Instituto Erlacher nas redes sociais. Estamos no Facebook e Instagram!