You are currently viewing 5 erros que causam Intercorrência na Harmonização Facial

A intercorrência na harmonização facial é quando acontece algo fora do previsto. E infelizmente, todo profissional está passível de passar por este problema.

Mas é fundamental que antes de iniciar os procedimentos, ele tenha pleno conhecimento do que irá fazer, e de que forma. Assim reduzirá ao máximo as chances de alguma intercorrência, e o paciente ficará satisfeito com o resultado.

Para lhe ajudar a compreender um pouco mais sobre erros que causam a intercorrência na harmonização facial, preparei o artigo abaixo. Siga a leitura e confira!

1. Falta de avaliação do paciente

Uma avaliação minuciosa do paciente é fundamental antes do início da harmonização facial. E apesar da sua importância, alguns profissionais negligenciam tal etapa.

A falta de atenção a detalhes como estrutura fisiológica e anatômica facial permitem um diagnóstico mais preciso do que será necessário fazer, quais produtos usar e em qual quantidade.

Assim se evita uma série de intercorrências na harmonização facial e permitirá que o resultado alcançado seja o esperado.

Leia também::: Como lidar com intercorrências no preenchimento labial?

2. Erro no preparo dos fármacos

Saber selecionar e preparar os fármacos utilizados na harmonização facial é outra etapa básica em qualquer procedimento.

Afinal, de nada adianta conhecer as técnicas de harmonização, se não se sabe quais produtos utilizar — e em que quantidade.

Certamente, a falta dessa atenção e conhecimento está entre as principais causas de intercorrência na harmonização facial.

3. Não conhecer a anatomia facial

Este é, de longe, um dos maiores erros que o profissional pode cometer ao querer atuar na área da harmonização facial.

Tão importante quanto conhecer os fármacos a serem utilizados, é preciso ter profundo conhecimento sobre a anatomia facial.

Afinal, isso permitirá que ele saiba onde pode e onde não pode fazer aplicações e em que ângulo de entrada da agulha.

4. Não saber diagnosticar intercorrências

Intercorrências podem acontecer com qualquer profissional e, por isso, é fundamental saber diagnosticá-las rapidamente para que o processo possa ser tratado ou revertido.

Além disso, é saber quando a dor é um sinal errado, um inchaço dura mais tempo que o normal, ou mesmo a falta de sensibilidade pode indicar algum problema.

Dessa forma, é fundamental que o profissional, mais que saber fazer a técnica da harmonização facial com maestria, também saiba reconhecer as intercorrências de forma precoce.

Assista também::: Como prevenir lesões e infecções por agulha em harmonização facial?

5. Saber tratar a intercorrência na harmonização facial

Por fim, além de saber diagnosticar, é fundamental que o profissional também saiba tratar a intercorrência.

Afinal o paciente confiou em você para realizar o procedimento, da mesma forma que confiará em você para tratar caso aconteça algo fora do previsto.

Essa segurança é fundamental para sua reputação como profissional da área, e também para segurança da saúde do paciente.

Ofereça a melhor versão aos pacientes

Como viu, ser um profissional da harmonização facial pode lhe proporcionar experiências incríveis, além de aumentar o faturamento da sua clínica.

Mas para atuar na área, é preciso ter profundo conhecimento e mais que evitar a intercorrência na harmonização facial, é saber como evitá-las.

Por fim, espero que tenham gostado do artigo e, para saber mais sobre harmonização facial, clique no botão abaixo e participe da minha aula aberta para quem deseja atuar na área da harmonização orofacial.