You are currently viewing Quando devo fazer o primeiro preenchimento da face?

Muitos têm dúvidas sobre o preenchimento da face. Não sabem se é o momento certo, quais áreas devem ser preenchidas, e como é o procedimento.

Na verdade, essa dúvida é bastante comum. E o preenchimento é necessário para devolver ao paciente um aspecto jovem e belo.

Com o passar do tempo, nosso corpo perde gordura e há uma absorção óssea. Como resultado, a musculatura não tem mais tantas áreas de sustentação e causa essa mudança na pele.

Mas mais que a idade, é importante estar atento há alguns sinais para saber quando fazer o primeiro preenchimento facial. Quer saber quais? Então confira o artigo abaixo!

Preenchimento da face

O preenchimento facial, como o próprio nome diz, visa preencher alguns pontos, onde surgiram rugas ou linhas de expressão.

Para isso, meu produto preferido é o ácido hialurônico. Ele é um derivado de açúcar que nosso corpo produz naturalmente para manter as articulações, olhos e pele hidratados. 

Por exemplo, o ácido hialurônico pode atrair e reter até 1.000 vezes seu próprio peso em água. Isso o torna ideal para uso como enchimento cosmético. 

Os preenchimentos dérmicos AH produzidos em laboratório atuam nas áreas do rosto onde há perda de volume, linhas finas e rugas. Como resultado, ele hidrata a pele, a preenchendo para resultados que duram meses seguidos. 

Leia também::: Ácido hialurônico ou bioestimulador: qual é o melhor?

Quais os sinais?

Vamos falar dos sinais? Uma dica que dou para quem quer saber quando é hora de fazer o preenchimento é estar atento aos sinais. Em geral, eu listo cinco:

1. Aspecto de cansado

Sabe quando você dorme 10, 12 horas, e ainda está com o aspecto de cansado? Isso acontece pelo fato de você ter alguns sinais abaixo dos olhos, e muitos confundem isso com olheiras. 

Na verdade você perdeu gordura nessa região abaixo dos olhos e isso dá o aspecto de cansaço. Quando o preenchimento é feito nessa região, esse aspecto deixa de existir.

2. Bigode chinês

Outro sinal bastante comum é o surgimento do chamado bigode chinês. Ela é uma linha que marca o rosto em ambos os lados do nariz. E que também acontece em decorrência da perda de gordura no rosto.

3. Ruga de marionete

O terceiro motivo é o surgimento de uma ruga nos cantos da boca, que forma uma linha. Essa linha é chamada de ruga de marionete.

Ela geralmente é associada ao bigode chinês e também tem como motivo a perda da sustentação da pele.

4. Linha de pescoço

Outro sinal claro que é hora de fazer preenchimento é quando nossa face deixa de ficar marcada, e começa a unir nosso rosto com o pescoço.

Perdemos essa definição do que é face e o que é pescoço. Isso acontece com o passar do tempo, conforme envelhecemos.

5. Jowls

O jownls é um termo usado para aqueles casos onde parece que a pele do rosto começou a descer. Alguns a comparam com o rosto de um buldogue.

Em resumo, quando ocorre o jowls, já há ao menos dois ou três motivos associados para você fazer um preenchimento facial.

Leia também::: O que causa olheiras e como tratá-las?

Busque um excelente profissional

Como expliquei, isso vai acontecendo naturalmente no processo de envelhecimento. Nosso rosto vai perdendo gordura, vai perdendo osso. E a musculatura é sustentada pelos ossos e pela gordura.

Então, com o passar do tempo é natural que a pele comece a ficar mais flácida e comecem a surgir esses sinais na face.

Além disso, uma das técnicas que uso para o preenchimento da face é o MD Codes, em que misturamos a qualidade dos produtos, usando alguns mais densos no qual imitamos o osso. E também outros menos densos, que imita a gordura.

É então feita a aplicação dos preenchedores em pontos específicos da face, fazendo a chamada reposição milimétrica. Dessa forma, é possível eliminar linhas e rugas.

Portanto, espero que tenha tirado suas dúvidas sobre preenchimento facial. E se identificou algum talvez seja a hora de você buscar esse procedimento. 

Caso queira saber mais sobre estética, beleza, preenchimento da face, entre outros, confira meu canal no Youtube. Lá sempre compartilho muita informação!